Tags

, , , , ,

Você já ouviu falar na Estrada da Graciosa? São 28 quilômetros calçados em paralelepípedos e repleto de curvas sinuosas evolvidas por encostas floridas, picos, montanhas, mar e cachoeiras.

A estrada paranaense liga as cidades de Antonina e Morretes e o acesso é pela BR – 116. É uma das mais belas do país onde atravessa o trecho mais preservado de Mata Atlântica do Brasil, por isso, foi declarada pela UNESCO como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Para completar tanta belez, ela é rodeada pela mata fechada de preservação e pelos belos riachos que nascem na Serra do Mar.

É um local que possui uma variedade enorme de plantas, passáros, insetos e pequenos animais. Datam de 1721 as primeiras notícias sobre a pioneira Trilha da Graciosa, que deu origem ao trajeto. Até o ano de 1954 a Estrada da Graciosa permaneceu como única estrada pavimentada do Estado, sendo importante rota de turistas ao litoral e escoamento da produção agrícola (café, erva-mate e madeira) do Paraná rumo ao Porto de Paranaguá e ao Porto de Antonina.

Anúncios