Tags

, , , , , , , ,

Perspectiva Tecpar

Obras grandes, boa demanda e muito trabalho marcaram o mercado de pavimentação com paralelepípedo e piso intertravado, especialmente na região de Piracicaba, em 2013. A implantação de novas indústrias devido ao crescimento econômico na região é um dos principais motivos desse cenário positivo.

Em 2014, a perspectiva é que esse bom desempenho se repita, e um dos grandes responsáveis é a demanda da indústria. “Em 2014, a demanda da indústria por esse tipo de pavimentação continuará em alta, especialmente pelo fato das construções verticais terem sido finalizadas, transferindo os investimentos das empresas na pavimentação”, ressalta o engenheiro Claudio Castro, consultor técnico da Tecpar Pavimentação Ecológica.

O engenheiro explica também que é normal que os primeiros meses do ano sejam marcados pela baixa demanda: “Tradicionalmente, os meses de janeiro e fevereiro são de baixa procura por nosso serviço, em 2014 não será diferente. Essa situação só se normaliza a partir de março”, comenta.

E sobre a indústria ser o principal mercado para a pavimentação com paralelepípedo e piso intertravado, Castro afirma que isso se deve ao fato deste tipo de pavimentação não necessitar do uso de máquinas e o prazo entre as manutenções serem de 15 anos. “O asfalto, além de ter um tempo menor entre as manutenções – em média a cada três anos -, pois se desgasta mais facilmente com o movimento de veículos pesados e com o vazamento de óleo dos caminhões, necessita de uma série de máquinas e equipamentos, o que torna esse processo muito mais caro. Já os paralelepípedos e pisos intertravados não precisam de equipamentos para sua manutenção, além de poderem ser reaproveitados”, afirma.

Para o consultor da Tecpar, alguns segmentos industriais têm crescido mais, como o automobilístico, o que leva ao surgimento de outras indústrias. “Um bom exemplo disso é a cidade de Piracicaba, onde a construção de um novo parque automotivo trouxe a necessidade de implantação de mais empresas de logísticas que possuem uma frota de veículos pesadose, por isso, investem forte na pavimentação com paralelepípedos e pisos intertravados devido à sua economia, resistência e durabilidade. É por todos estes motivos que esse mercado estará aquecido em 2014”, finaliza Castro.

Anúncios