Tags

, , , , , ,

pisoooA Costa Rica desenvolveu o projeto Eco-desenvolvimento Papagayo, na província de Guanacaste, bem no meio da floresta tropical semi-úmida.

O projeto consiste na construção de rodovias com pisos intertravados nas praias e hotéis de luxo para atrair o turismo internacional. Sob as rodovias há uma rede de água potável, outra para irrigação, rede de coleta de esgotos e canais para telecomunicações por fibra ótica. No total, são 7km de extensão  com 7m de largura.

A estrutura da rodovia foi construída numa base granular de 600mm de espessura e 40mm de areia para assentamento dos blocos, de 80 mm, com três formatos diferentes: 100mm x 100 mm; 100mm x 200mm; e 200mm x 200mm e as peças foram colocadas seguindo um padrão aparentemente aleatório.

Para atender o projeto paisagístico, a estrada foi construída em peças de cor terracota, em formato retangular, no padrão ‘’espinha de peixe’’ com algumas peças na cor preta distribuídas uniformemente.

As vantagens da utilização de pisos intertravados em rodovias é a fácil execução da obra, sem a necessidade de constantes manutenções e, com o mesmo tipo de pavimento, as rodovias podem ser projetadas para qualquer nível de tráfego, desde o muito leve, até os mais pesados.

O essencial não é ressaltar que os blocos de concreto podem ser usados em rodovias, mas que a técnica de pavimentação pode ser adequada para qualquer esquema de engenharia, organização e trabalho.

Anúncios