Tags

, , ,

Como falamos no outro post anterior, hoje falaremos um pouco sobre abordaremos algumas das vantagens do piso intertravado. Devido aos seus benefícios, não existe nicho da engenharia que não o utilize, já que se adapta a pátios, calçadas, praças, ruas, caminhos, rodovias, pisos industriais, portos, aeroportos, entre outros, seja no Brasil ou em qualquer lugar do mundo.

A grande vantagem do piso intertravado é sua facilidade e rapidez na colocação e manutenção, em que os pavers (peças maciças de concreto) são encaixados sem precisar de argamassa e mão de obra especializada. Assim, podem ser retirados e recolocados sem que sejam necessários reparos no subsolo.

Outro ponto positivo do pavimento é que os pavers são considerados aliados do meio ambiente, uma vez que são recicláveis e exigem menor espessura da estrutura base e sub-base, ou seja, proporcionam menor agressão ao solo. Além disso, a produção do concreto é menos poluente que a fabricação do asfalto.

Como sabemos, o pavimento de asfalto é mais nocivo ao ambiente, ainda mais quando se leva em conta a manutenção e repavimentação exigidas para obter durabilidade. Outra característica do asfalto é a quantidade de agregados requerida na sub-base e base, devido ao tipo de transporte que comporta, que contribuem para as emissões de poluentes. Por isso, o piso intertravado tem se destacado como opção alternativa e moderna, garantindo eficácia técnica e econômica.

Entenda o que é o asfalto e suas diferenças

O asfalto é obtido por meio da destilação do petróleo. Ele é, sendo uma de suas frações mais pesadas, com um ponto de ebulição de 600°C.

Já o piso intertravado, pode ser retirado e reutilizado, na mesma obra ou em uma nova localização. Mesmo as peças que não podem ser reaproveitadas, podem ser recicladas e utilizadas na confecção de peças novas.

Anúncios