Tags

, , , ,

No último post falamos sobre as incoerências acerca do asfalto e como muitas vezes o pensamento que alia o material à modernidade e praticidade pode estar distorcido. Hoje a Tecpar traz uma solução para esse embate: o paralelepípedo. Em estudo realizado pelas alunas do curso de Engenharia Ambiental da Unilins, Karoline Francieli e Juliana Silveira, concluiu que, além de prejuízos ambientais e econômicos, pavimentar as ruas de pedra com asfalto vai contra a tendência mundial.

Em cidades europeias o asfalto está sendo retirado e substituído por pedras, que possuem durabilidade ilimitada, são removíveis e reaproveitáveis. Um dos motivos da troca é a diminuição de acidentes automobilísticos, uma vez que vias mais confortáveis ao tráfego, como as de asfalto, geram uma segurança ilusória, permitindo maior velocidade e, consequentemente, acidentes.

As alunas realizaram estudos técnicos sobre pavimentação com paralelepípedos em vias públicas, focando em aspectos ambientais, durabilidade e custo benefício, sempre comparando com o asfalto. A conclusão das universitárias é que a pavimentação com paralelepípedo é uma prática ecológica e eficiente de urbanizar as cidades em determinadas vias.

A Tecpar realiza pavimentação com paralelepípedo. Para saber mais sobre o material, acesse o link:

https://tecparpavimentos.wordpress.com/2012/04/12/asfalto-x-paralelepipedo-qual-e-mais-vantajoso/

Anúncios