O avanço do crédito imobiliário e dos empréstimos do BNDES a grandes obras de infraestrutura impulsionaram o setor de construção civil, que obteve bons resultados em 2010. De acordo com a Pesquisa Anual da Indústria da Construção, o valor das obras e serviços cresceram 23,3%.

Além disso, o levantamento mostrou que o país tinha 79,4 mil empresas na área de construção, número 24,6% maior do que o registrado em 2009 (52,9 mil). Essas empresas geraram obras e serviços no valor de R$ 250 bilhões em 2010, sendo 42,8% do valor encomendados pelo setor público, principal cliente das construtoras.

Em 2010 as empresas do setor empregavam 2,479 milhões de pessoas em 2010. Já em 2009 esse número girava em torno de 2,044 milhões, ou seja, em um ano quase 500 mil pessoas a mais foram contratadas.

Também houve crescimento no rendimento dos trabalhadores, que cresceu cerca de 8,7% quando comparado com 2009. Segundo o IBGE o salário mensal dos empregados em construção civil em 2010 foi de R$1.300.

Anúncios