Tags

, , , , , ,

Foi aprovada a licitação para a execução de obras de conservação e manutenção de 11,8 mil quilômetros da malha rodoviária estadual do Paraná. Serão investidos R$840 milhões, maior investimento da história do estado em manutenção de estradas. As intervenções, que fazem parte do Programa Estadual de Recuperação e Conservação de Estradas (PERC) serão executadas pelas regionais do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) de Curitiba, Ponta Grossa, Londrina, Maringá e Cascavel. O pacote de obras é um dos maiores do setor no Brasil.

O programa foi divido em três segmentos:

A Conservação e recuperação descontínua com melhoria do estado do pavimento, utilizando recursos que chegam a R$410 milhões e contemplam 2 mil quilômetros de rodovias com elevado grau de deterioração. A maioria da malha que será recuperada nessa etapa serve como corredor de transporte regional ou estadual, o que faz com que o objetivo do programa seja recuperar pelo menos 85% do nível de qualidade da rodovia, passando para bom ou muito bom.

A Conservação dos pavimentos possui cerca de R$290 milhões disponíveis para a execução de reparos em pequenos segmentos descontínuos, principalmente no que diz respeito a drenagem. A conservação atenderá 8 mil quilômetros de rodovias estaduais pavimentadas que apresentam menor grau de deterioração, tendo como objetivo conservar a qualidade da pista.

Os serviços de limpeza dos dispositivos de drenagem, sinalização e controle da vegetação ao longo das rodovias estaduais e federais terão a disposição R$139 milhões. Essa etapa tem como meta garantir maior segurança por meio da visibilidade da sinalização.

Anúncios