Tags

, ,

Foi aprovado projeto de lei que dispõe sobre a obrigatoriedade do uso de pavimentação ecológica nas edificações construídas, a partir de 150 unidades habitacionais, em toda a Paraíba. Agora, com o aval da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembléia Legislativa, a pavimentação ecológica deverá ser utilizada em terrenos naturais, vias internas de condomínios públicos ou privados, passeios de logradouros públicos, áreas pavimentadas de praças e quarteirões fechados, áreas abertas destinadas a estacionamento de veículos, ciclovias, vias públicas de trânsito local em novos loteamentos residenciais e áreas pavimentadas descobertas em imóvel de uso residencial e industrial.

Levou-se em conta o tipo de pavimento, devido a sua permeabilidade ou semipermeabilidade, o que permite escoamento de água, absorção de águas pluviais em condições naturais e a recarga de aqüífero.

A expectativa é que o projeto de lei auxilie no processo de redução dos riscos de alagamentos e enchentes, que mudam a rotina da população no centro urbano. Além disso, esse tipo de pavimento é sustentável, o que é interessante para a população.

O pavimento ecológico não é recente. Ele foi criado em 1980, com a utilização do asfalto poroso a fim de permitir maior grau de segurança nas estradas em situações de risco devido ao excesso de água. A iniciativa deu certo em Minas Gerais e espera-se que também tenha sucesso na Paraíba.

E você? O que acha? Deixe sua opinião!

Anúncios