Tags

, , , , ,

A Frente Parlamentar em Defesa do Saneamento Ambiental e da Moradia para Todos defende a conscientização dos gestores públicos sobre a necessidade de investimentos para promover condições dignas para a população, uma vez que o saneamento básico está relacionado com o abastecimento de água potável, gerência de água pluvial, coleta de lixo, tratamento de esgoto, limpeza urbana, manuseio dos resíduos sólidos, controle de pragas e qualquer tipo de agente patogênico, sempre visando à saúde das comunidades.

O saneamento é um dos fatores que garante ao indivíduo melhoria de vida. Para o engenheiro Cláudio de Castro por meio do saneamento é que se procura associar a necessidade do ser humano com a necessidade do meio ambiente. O engenheiro é consultor da Tecpar, empresa que atua no mercado de saneamento e pavimentação há 30 anos, e afirma “saneamento básico é o mínimo que o indivíduo precisa ter”.

Foto: Site Exkola

Desse modo, o saneamento ambiental deve ser prioridade dos serviços públicos oferecidos, para que regiões como o Nordeste, por exemplo, tenham melhorias na qualidade de vida da população. Nesta região a realização de obras grandiosas continua recebendo mais investimentos, até mesmo pelo retorno político, do que outros serviços essenciais, o que deixa o saneamento básico em segundo plano.  Assim, a região ainda possui 39% da população do interior, habitando moradias subumanas, e 57% dos nordestinos sem saneamento ambiental.

Infelizmente, poucos administradores públicos estão preocupados com a área de saneamento, mesmo sendo os recursos disponibilizados pelo governo federal. Além disso, muitos municípios ficam sem financiamento do governo por falta de prestação correta de suas contas. Tentando sanar esse problema, foram selecionados coordenadores regionais para discutir com os prefeitos formas de garantir acesso a esses recursos. O engenheiro Cláudio também destaca o desinteresse da população. “Mais do que garantir acesso aos serviços que citam a lei, é de fundamental importância envolver também, medidas de educação da população em geral e para a conservação ambiental”.

Para isso, a Tecpar oferece toda a infra-estrutura para melhorias na rede de água, de esgoto, drenagem de águas pluviais, além de guias, sarjetas, entre outros. Entre suas obras estão a da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e da Rede Frango Assado, Cláudio ainda confirma: “Confiabilidade e garantia de um trabalho bem feito é o que traz reconhecimento no ramo. Temos um acervo técnico emitido pelo CREA (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) e fazemos tudo pensado e arquitetado de forma ecológica para não agredir o meio”.

Anúncios